SegTrabalho_Capa

O trabalho é um dos elementos que mais interferem nas condições e qualidade de vida do ser humano e, portanto, na sua saúde. Muitas das lutas travadas por direitos trabalhistas que ocorreram no último século e continuam evidentes neste, estão ligadas às demandas dos trabalhadores por um ambiente de trabalho saudável, e a própria existência de doenças profissionais, isto é, de enfermidades ligadas à atividade produtiva, as quais já eram reconhecidas pela Organização Internacional do Trabalho – OIT, desde o início do século XX.

A Constituição Federal do Brasil, mais especificamente em seu art. 7º, define os direitos dos trabalhadores, incluindo os direitos à saúde, à assistência médica e reabilitação, à redução dos riscos inerentes ao trabalho – por meio de normas de saúde, higiene e segurança – e o seguro contra os riscos e danos do trabalho.

O Técnico em Segurança do Trabalho é um profissional com formação Técnica, regulado pela Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985. Dentre suas atribuições, definidas pela Portaria nº 3.275/89, do MTE, destacam-se a informação do empregador e dos trabalhadores sobre os riscos presentes no ambiente de trabalho e a promoção de campanhas e outros eventos de divulgação das normas de segurança e saúde no trabalho, além do estudo dos dados estatísticos sobre acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. A

O Técnico em Segurança do Trabalho tem um variado campo de atuação podendo desenvolver atividades ou funções no mundo do trabalho, em: Indústrias. Hospitais, Comércios, Construção civil, Portos e aeroportos, Centrais de logística, Instituições de ensino, Fabricação e representação de equipamentos de segurança, Empresas e consultorias para capacitações em segurança do trabalho. A atuação nas carreiras públicas fica condicionada ao atendimento das normas específicas, notadamente do concurso público.

Saiba muito mais sobre nosso curso, clicando em: Técnico em Segurança do Trabalho